?

Log in

No account? Create an account

Previous Entry

THADEU WOJCIECHOWSKI in RIO

... e em 30 de maio, criei um evento fechado no Facebook - THADEU WOJCIECHOWSKI in RIO, com o seguinte texto:


... o poeta polaco chega de KURYTYBA (grafia permitida aos descendentes polacos pelo MEC desde 1945) ao Rio convidado para uma palestra acadêmica, de dia - está traduzindo o MAHABARATHA indiano - e, depois, vira a noite entre amigos, recebido com PALCO, luz, video, microfones abertos, música, cameras de registro, Skype e uma possível transmissão em streaming via web (Facebook/Twitter link) ... por Arnaldo Brandão & Tavinho Paes no SOBRAdoROCK, Rua Paulo Barreto 16/sob - Botafogo (info: 21 2527 1113 e 2579 0021) a partir de 21h ... embarca de volta na manhã seguinte.

... será um encontro entre amigos, sem ingressos e com um serviço de bar gentil (portanto, quem puder, pode trazer um vinho, um saco de Ruffles (rsrsrs), um pack de cerveja de supermercado - quer dizer: com 70% de desconto em relação aos bares da Copa da FIFA - serviço nordestino a preços parisienses) No entorno do SOBRAdoROCK existem MUNDIAL (fim da Voluntários), PREZUNIC (em frente ao São João Batista) e PÃO DE AÇÚCAR (Voluntários) - todos a duas ou três quadras do local - obs: não é obrigatório, somos elegantes o suficiente e temos suficiente experiência no ramo para abastecermos razoavelmente uma festa interessante ...

... durante a noite, com possibilidade de sim mais alto até às 23h, o microfone estará à disposição para poesia & música (3 VIOLÕES -AMPS PARA BAIXO - BATERIA), daí contar com a presença de artistas, poetas e "simpatizantes" de todos os sexos, raças, religiões, etc...
Prometemos um audiovisual de primeira e vamos manter o padrão de "smooth party", som na medida exata (não é boate, ninguém precisa aprender dança do passinho nem se preparar pra liberar histeria .. não haverá DJ, mas poderia anunciar que teremos DJs internacionais, em real time, trazidos pela web no meu canal interativo - baixinho, poderemos ter um ambient music vindo "on streaming" de uma boate alemã, de Berlin.

... este evento está com sua "divulgação" restrita aos amigos convidados para que a festa não perca seu objetivo fraterno e posa produzir registros/conteúdos audiovisuais futuros para as videotecas que começam a se espalhar pelo país.
... cada convidado pode vir e convidar seus amigos.
obs: como não tem custos aos presentes (o bar está aberto e faltando qualquer coisa o que não falta são bares nas redondezas), pretende-se evitar o pior dos filantes de bocas-livres: O Chato - ele costuma ser o primeiro a chegar e nunca vem desacompanhado de seus pares ... rsrsrs
Portanto, não pré-divulguem o que deve e pode ser pós-divulgado através de fotos.

... se eu pudesse fretava um boeing com escala em São Paulo (pra pegar o Mario Mário Bortolotto e a turma dele inteira!!!) e trazia junto o Leprevost, o pessoal da radio Caos (incluindo a banda do Rodrigão), mas, como aqui tem uma opção maluca (confirmar presença) - mas, o pessoal de Curitiba (e até quem está em Sampa, na India e na Europa!!!) pode confirmar presença - pelo menos nesta interface, vai constar que estiveram na festa mesmo sem estar lá ... rsrsrsrs ... esse Facebook!

>> NO DIA DO EVENTO, AS PESSOAS QUE LÁ ESTIVERAM NÃO ERAM AS MESMAS QUE DISSERM QUE COMPARECERIAM NO BROWNSER DO FACEBOOK.

... até aí, nenhuma novidade: mas, como venho experimentando evento neste intercomunicador digital, resolvi escrever o seguinte texto, para submetê-lo propositalmente aos comentários ...

A VOLTA DOS QUE NÃO FORAM (capítulo único)
... Antonio Thadeu Wojciechowski esteve, ontem, no Rio
... o evento de ontem foi bastante interessante
... o polaco, à la Paulo Leminski - eram amigos, ambos professores e dispostos, à guisa de auto-estima edulcorada com uma ética sem fraturas oportunistas, a emitirem suas opiniões seja num bar seja num camarim onde a estrela do show era outra pessoa (o Waly, o Oiticica e o Serginho Bernardes eram assim e eram maravilhosos!!!) - esteve perfeito e perspicaz em seus poemas e no discurso palestrante (livre, como os peripatéticos gregos circulando num jardim) simultaneamente culto e popular, surfando no vernáculo e filosofando à base do martelo nietzscheano, denunciando o "duplipensar" que se tornou prática ululante da novilíngua contemporânea (1984 atrasou-se um pouco - 30 anos depois) sem constranger ninguém...
... para evitar o filante de boca-livre mais comum - conhecido pelo codinome CHATO (nunca vai sozinho e costuma ser o primeiro a chegar e o último a sair) - o evento foi divulgado em post restrito aos convidados que, nesta interface (onde hipocrisia e leviandade são valores éticos contingentes) poderiam declarar sua participação ou não (no post do EVENTO, havia a possibilidade de curitibanos aplicarem o botão PARTICIPAR - hoje, provavelmente, mesmo sem terem saído do Paraná, deve constar em suas "timelines" que estiveram presentes rsrsrsr !!!). O fato é que optei por este dispositivo para calcular com meu amigo Arnaldo Pires Brandão os custos com a cerveja, as nozes e amendoins, os possíveis usuários do microfone, dos violões, teclados - isto porque os custos fixos de limpeza (antes e depois), técnicos e funcionários em expediente extra (e alegre) continuariam fixos e a festa continuaria sendo um prazer sem patrocínios ou apoios de quem quer que seja...
... dos 26 confirmados, apareceram 6 ... dos 8 talvez, nenhum ... os demais 19 presentes foram contactados por telefone (e, para as dimensões do espaço, o número foi ideal)
... o melhor comentário foi o da Isadora Petrauskas : "O QUE É ISSO?" e o pior de alguém que não vale nem citar (tenho esta prerrogativa): VAI VENDER O QUE? (se quer saber, meu caro:o prejuízo material foicou perto dos 400 reais, mas o prazer, mesmo não tendo preço, foi de um lucro que não dá pra calcular usando só aritmética - talvez álgebra linear (com equações exponenciais passíveis de números irracionais), não é Fernando Quental, calculando elasticidade da curva ... rsrsrs ... fala professor: Paulo Sergio Pereira Pereira ... explica o que pode ser um prejuízo dinâmico, prospectando o CASE que direcionará a perda aos lucros no Balanço Final (só mandando pro passivo o que era promessa - contas a receber, como fazem os bancos ... rsrsrs!!!)

... com tantas informações coletadas na pós-produção do "acontecimento" (diferente de EVENTO, Acontecimento é uma sucessão de eventos aleatórios) das duas uma: ou os 315 que receberam a mensagem nem se importaram com o fato (o que não seria nenhuma novidade nem motivo para avaliar rejeição como fazem as pesquisas sobre candidatos pagas - custo médio entre 2.400.000$ e 800.000$ cada) ou não receberam (arrisco dizer que esta função responde por 90% do fato registrado (o Facebook é a maior ferramenta de comunicação abstrata e falsa disponível "gratuitamente" aos espertos que gostariam de experimentar se passarem por otários ... isto aqui é um brinquedo que brinca com quem pensa brincar com ele)...
Logo, metade das cervejas da festa ficou na geladeira e gostaria de bebericá-las só com os 20 (exceto os 8 fora do estado que brincaram de "ir sem irem") que iriam, mas não foram, já que os demais que viram o post e foram na page do evento mas não se manifestaram, já foram pontualmente identificados (e alguns realmente me decepcionaram, pois havia preparado surpresas e brindes autografados para eles, enquanto outros me impressionaram por terem ido mais de uma vez na page e ficado nela por mais de 3 minutos!!!), tipo gente que lê post e não curte nem compartilha (não dá esse privilégio e limita-se a não dar nenhum sinal de que pode transferir para outrem pitadas de prestígio - geralmente são os competitivos até na hora de ocupar uma cova) - e que até pode denunciar e pedir para tirarem mo post, como aconteceu recentemente com a Beatriz Provasi (em deepweb, há um mecanismo 100% digital - diria quântico - para saber quem são estes "homo-nimbulus" que se julgam invisíveis, capaz de identificar quantos e quem foram (e até marca quanto tempo permaneceram lendo a página) os que tiveram este "behavior" comum e em nada condenável, não é Daniel Pedro Haziot? - vamos achar quem denunciou a Bia usando aquele script búlgaro?)

... tem tempo que uso isso aqui ... já tive todo tipo de de contato com os gestores (interdição, visita de robô, teste periódico) bem como costumo experimentar scripts em posts que podem ou não fornecer "indices"/sinais de behaviors on-line ... testo raciocínios, rascunho poemas, provoco discussões, comento posts na direção contrária do previsto pelo postante ... e minha atual base de investigação está locada no brownser que convida, promove e organiza eventos (sejam manifestações de "não vai ter felicidade" ou "amanhã tem festa com cerveja grátis") ... as boas intenções são do tipo que o inferno está cheio ... há pontos na cadeia informativa que podem identificar até o grau da solidão a que uma pessoa está exposta numa multidão como a que circula imaterialmente nestes pátios desertos ... no fundo, admito e confirmo: gosto dessa superfície (timeline? não - "timelayer") e das possibilidades que ela possui para usar a ferramenta que mais me agrada: a linguagem!!! Estou aguardando o windows 9.1 - com aquela ferramenta que permitirá que eu escreva ou FALE numa língua e o receptor receba e FALE na sua para ver como a amplificação do sinal global e sua hiperdimensão afetarão as relações humanas dos socializáveis e não-socializáveis - é para isso que estão criando esses orkuts! Para selecionar os que vão durar e os que podem ser deixados ao desaparecimento perecível (os "layers" de tempo vão enlouquecer, pois o horário de quem está no Japão não é o mesmo de quem está aqui, mas na "timeline" é - quem não entender isso, releve, mas saiba que isso é profundamente importante para entender a vida civilizatória destes tempos em que uma guerra é mais provável do que um maná caindo dos céus)..

... portanto: vou criar um evento (vide flyer futuro) no qual nem preciso comunicar o dono do estabelecimento que vai acontecer, afinal é só um ponto no espaço físico e numa hora global ... todos vão lá como iriam se nada acontecesse - como vão ao BG, ao BL e outros botecos gastarem dinheiro (pagam pela cerveja, por exemplo, 600% a mais do que pagariam se a comprassem num supermercado, onde o preço já está agregado a 60% de impostos, frete e outros impostos é de 80 a 120% de lucro do comerciante - no chope a 6 reais o lucro de um cara que se interessa por Cultura tanto quanto um plantador de soja se interessa pela fome dos brasileiros menos atendidos pelo MERCADO é de 420% - impostos Ricardo Chacal são impostos por quem tá no posto de comando impondo ... é cruel, mas é assim mesmo mermão) para encontrar pessoas que, por acaso cumprem rotinas redundantes sem se darem conta disso - leiam 1984, George Orwell e fiquem tranquilos sem nenhuma contradição em vossas autoestimas -
VOU CRIAR um evento tão especial que nem mesmo eu posso comparecer para que ele aconteça!!!
rsrsrsrsrs - isso mesmo: procurem humor no que parece não ter humor algum ... testem ...

ESTOU ESCREVENDO SOBRE a volta dos que não foram
...SOBRE O MECANISMO CIBERNÉTICO QUE PREVÊ, PROMOVE E CRIA ESTA SENSAÇÃO DE QUE ALGO DE BOM VAI ACONTECER E QUE TODOS SERÃO BENEFICIADOS (igual novela da Globo ensinando pessoas a lidar com sentimentos pessoais através de vetores que o objetivam numa perspectiva como a do ETERNO RETORNO nietzschano, não é Alexandre Guarnieri? ...texto pra pensar, não para se preocupar: é sobre o "normal", não sobre o "anormal" ... sobre o que a comunicação local (tele-vigiada em status global) está fazendo com os círculos de amizade, com os grupos, tribos, times, gangs, galeras, comitês, chapas, partidos políticos, colegas ... com a civilização ... é uma charada, não uma afirmação!!!
curta, comente ou compartilhe - se não fizer isto, saiba: eu (e os controladores desta interface aqui) posso te identificar sem problemas de certeza sobre a identificação!!!
THADEU in Rio 4-06-2014